Posts com a Tag ‘feiras’

Animação ensina agroecologia e alimentação de um jeito divertido

29 de abril de 2016 | Publicado em Ligado na Rede

A animação Comida que Alimenta é uma realização do Centro Sabiá, vinculado ao projeto “Trabalho, Renda e Sustentabilidade no Campo”, e busca fortalecer as experiências de agricultura agroflorestal de base agroecológica na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

sabia

A vídeo traz, de maneira lúdica e criativa, um forte componente de agregação de valor à produção da agricultura familiar desse território, com a instalação de Unidades de Beneficiamento de frutas e de mel, para atender principalmente as compras do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), e o mercado turístico da região, fortalecendo também a estratégia de comercialização direta entre produtores e consumidores através de feiras agroecológicas.

. . .

Roteiro: Centro Sabiá
Direção e Animação 2D: Ianah Maia
Direção de Arte: Ianah Maia e Débora Cabral
Trilha Sonora: Filipe Barros e Rogério Samico
Desenho de Som e Mixagem: Rogério Samico
Vozes: Ianah Maia e Rogério Samico.

Junta Local: uma feira de pequenos empreendedores culinários

15 de abril de 2016 | Publicado em Ligado na Rede

junta local

Há pouco mais um ano, uma feira diferente vem ocupando diferentes espaços da cidade do Rio de Janeiro, colocando consumidores em contato direto com pequenos empreendedores. Esse é o objetivo da Junta Local: encurtar as distâncias entre quem come e quem produz.

Idealizada por Thiago Nasser, Henrique Moraes e Bruno Negrão, o projeto surgiu a partir das ideias e discussões do trio sobre alimentação de qualidade, criação de canais de comercialização e viabilização de pequenos empreendedores a novos mercados. A ideia da Junta é fomentar um espaço de socialização e reflexão sobre os nossas escolhas na hora de comer, com ênfase na formação de uma rede de produtores e consumidores engajada na valorização da comida local e justa.

junta local

Quem conhece a feira não sai de lá indiferente. A variedade de produtos seduz qualquer um. São geleias, hortifruti, embutidos, massas… tudo produzido por empreendedores locais ou, no máximo, vindos de Minas ou São Paulo. E o melhor: tem muita coisa diferente, que dificilmente se vê nas gôndolas dos supermercados, como pães de fermentação natural, hummus de feijão, kombuchás, queijos de leite cru, hambúrgueres vegetariano…

junta

A Junta Local, que começou pequenina no democrático espaço da Comuna, hoje segue um calendário regular ocupando diferentes espaços da cidade, como a Casa da Glória, Antiga Fábrica Behring, Imperator e o pátio do MAM. Além das feiras, também é possível comprar os alimentos através do site, na Sacola Virtual, com retirada marcada sempre aos sábados, em espaços como a já citadaComuna

Visite o site da Junta Local, conheça os produtores e saiba quando acontecerá as próximas feiras.

+ Fotos: Samuel Antonini – Facebook da Junta Local.

Feira da Reforma Agrária no RJ

27 de novembro de 2013 | Publicado em Ligado na Rede

A IV Feira e Exposição dos Produtos da Reforma Agrária ocorre nos dias 9 e 10 de dezembro, no Largo da Carioca, Centro do Rio de Janeiro. O evento é uma realização conjunta da Superintendência Regional do Incra/RJ com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

A feira contará com a exposição e comercialização de produtos das diversas regiões de assentamentos do Rio de Janeiro e de cooperativas e agroindústrias de vários estados, como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia e Ceará. São esperados 100 expositores do Rio de Janeiro e 50 dos demais estados.

Nesta edição, a feira homenageará o líder camponês e militante histórico do MST Cícero Guedes, do assentamento Zumbi dos Palmares, em Campos dos Goytacazes, assassinado em janeiro deste ano. A trabalhadora rural Regina dos Santos, assassinada na mesma cidade do Norte fluminense dez dias depois, também será lembrada.

Divulgação e comercialização
O evento tem como objetivo ser um espaço de conscientização a respeito à Reforma Agrária, aproximando assentados de consumidores. Possibilita também a troca de experiências e divulgação da produção de alimentos e da realidade social, cultural e organizativa dos assentamentos. Busca a valorização da diversidade de produção, bem como promover a comercialização, gerando renda para as famílias assentadas.

Haverá ainda a oportunidade de intercâmbio cultural, por meio de shows e outras manifestações artísticas, bem como a realização de seminários formativos sobre os aspectos da cooperação e comercialização. O horário de funcionamento da Feira é de 7 às 22 horas. A participação é aberta ao público e gratuita.

Com informações do INCRA.
Imagem: INCRA

[V Jornada] Feira de Produtos Regionais

29 de agosto de 2013 | Publicado em Jornada Nacional do Jovem Rural

A Feira de Produtos Regionais, um dos momentos mais aguardados da V Jornada, foi um sucesso! O jovens participantes espantaram o frio com muita animação. Em 18 estandes, a diversidade do Brasil rural se fez presente e também as músicas e danças da Amefa completaram a festa.

+ Confira as fotos na nossa página no Flickr

Feira de Produtos Regionais

21 de junho de 2013 | Publicado em Jornada Nacional do Jovem Rural

Na quarta-feira, dia 28/08, a V Jornada realizará a Feira de Produtos Regionais, um espaço onde as organizações participantes do encontro poderão mostrar, vender ou trocar seus produtos para outros jovens de todo o Brasil!

Na feira, poderão se encontrados alimentos, produtos beneficiados, mudas, sementes, artesanato, CDs com músicas regionais, peças de vestuário, artesanato e quaisquer outros resultados do trabalho desenvolvido junto às famílias ou no meio rural. Jovens participantes, não fiquem de fora e tragam seus produtos! Confira algumas imagens das edições anteriores:

Saiba tudo sobre a V Jornada

Você sabe de onde vêm seus alimentos? [vídeo]

17 de janeiro de 2013 | Publicado em Ligado na Rede

Todos os sábados, junto aos primeiros feixes de luz do vagaroso Sol, chegam à Avenida José Bonifácio dezenas de gentes de mãos sujas. São de uma cor e de um cheiro de terra que vêm de diferentes cidades do Rio Grande do Sul. Elas puxam cordas, esticam lonas, montam estacas de ferro ou madeira e empilham caixas coloridas. Aqui, uma vez por semana, encontram-se com outras mãos, sem calos e fedendo a sabonete, trazendo o alimento mais limpo no qual já puderam tocar.

Há 22 anos, a Feira dos Agricultores Ecologistas (FAE) de Porto Alegre preenche o canteiro central na pequena rua em frente ao Parque Farroupilha. Na famosa Rua do Brique, Rua do Colégio Militar, Rua da Redenção, as manhãs de sábado recebem desconhecidas beldroegas, ora-pró-nóbis, kinos, juçaras, araçás e tantas outras. Além de milhares de outros alimentos distribuídos em 41 bancas permanentes e oriundos de uma produção livre de agrotóxicos e insumos químicos.

Feira Estadual da Reforma Agrária

14 de dezembro de 2012 | Publicado em Ligado na Rede


Foto: Ana Cristina Siqueira (Incra/RJ)

A terceira edição da Feira Estadual da Reforma Agrária do Rio de Janeiro, realizada entre os dias 10 e 11 de dezembro no Centro da cidade, recebeu um público consumidor de aproximadamente duas mil pessoas, de acordo com a estimativa dos produtores. Foram comercializados hortaliças, frutas, doces, artesanatos, entre outros. Alguns dos destaques foram os fitoterápicos e fitocosméticos à base de ervas medicinais cultivadas sem o uso de agrotóxicos.

Criada em 2010 por iniciativa do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Feira contou, este ano, com a co-organização do Incra. A ação é parte da estratégia de estimular e ampliar a comercialização de produtos da reforma agrária como forma de qualificar os assentamentos e melhorar as condições de vida dos assentados. 

Foram disponibilizados R$ 50 mil provenientes do programa Terra Sol, o programa do Incra de fomento à agroindustrialização e à comercialização de produtos da reforma agrária. Outros R$ 20 mil saíram do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). O valor possibilitou o transporte de alimentos provenientes de assentamentos de todas as regiões do estado, além de fitoterápicos e de cerâmica, que os agricultores aprenderam a produzir após capacitação oferecida pelo programa do Incra de educação no campo.  

Com informações da assessoria do Incra.

Feiras Agroecológicas do Serta

24 de maio de 2012 | Publicado em Ligado na Rede

O Serviço de Tecnologias Alternativas (Serta), da Rede Jovem Rural, realiza há quase 10 anos um projeto de feiras agroecológicas em 11 espaços espalhados pela região metropolitana de Recife (PE). Os produtos são comercializados por famílias de agricultores dos municípios da Zona da Mata de Pernambuco, que foram capacitados pelo Serta.

O produtores comercializam hortaliças, legumes, frutas, ervas, ovos, galinhas caipiras e também produtos beneficiados como bolos, biscoitos, cachaça e farinha, entre outros. Tudo cultivado de forma agroecológica, seguindo os princípios da permacultura, método agrícola que integra plantas, animais, construções e pessoas em um ambiente produtivo e harmonioso.

Conheça os espaços onde são realizadas as feiras orgânicas de Recife e região metropolitana:


Visualizar Feiras Agroecológicas do Serta em um mapa maior

Movimento Vá Pra Feira!

18 de maio de 2012 | Publicado em Ligado na Rede

As feiras de rua nas grandes cidades brasileiras são verdadeiras instituições que revelam muito sobre a nossa cultura e história. Porém, fazer compras nelas parece algo cada vez mais raro no nosso dia a dia. Pensando nisso, a arquiteta Marina Morelli escolheu como tema do seu trabalho de conclusão da faculdade as feiras livres e assim nasceu o movimento Vá pra Feira!. O projeto tem como objetivo incentivar os paulistanos a irem à feira para evitar a sua extinção, mostrando a sua importância para a cidade. Confira o vídeo:

+ Via Noz Moscada

Feira da Roça em Santa Maria Madalena (RJ)

10 de maio de 2012 | Publicado em Ligado na Rede

A Feira da Roça é um sucesso em Santa Maria Madalena, município serrano do Rio de Janeiro onde a agricultura e o turismo são as principais atividades econômicas. Lá, os moradores encontram legumes, frutas, verduras, mel, doces, produtos derivados do leite e da agroindústria local, oriundos das localidades rurais de Terras Frias, Dr. Loretti, Alto Imbé, Ribeirão Santíssimo e Km 17.

Segundo o supervisor da Emater-Rio no município, Chaul Buchaul, são dez barracas padronizadas e 14 participantes, com a possibilidade de ampliar essa capacidade, caso novos produtores anunciem adesão à feira.

Gilmar Carino comercializa os queijos de sua agroindústria na feira

A Feira da Roça é uma iniciativa conjunta da secretaria estadual de Agricultura e Pecuária (através da Emater-Rio), da Prefeitura Municipal e dos agricultores familiares. Ela ocorre semanalmente, nas manhãs de quinta-feira, no centro da cidade, das 7h às 13h.

Com informações da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária do Rio de Janeiro.
Fotos: Paulo Filgueiras